O que você procura?

domingo, 6 de janeiro de 2013

Viajando de avião com criança



Nós adoramos viajar e não deixamos nossas viagens de lado quando nosso pequeno nasceu. Foi só ser liberado pela pediatra e lá estávamos nós encarando avião com bebê e tudo. Já chegamos, inclusive, a fazer viagens para o exterior, sem problemas. Muitas amigas me perguntam como conseguir essa proeza. Tudo é questão de planejamento para garantir a tranquilidade da viagem para toda a família.  Aqui vão algumas dicas pessoais.

1-      Planeje, planeje, planeje. Escolha um roteiro legal e o melhor horário de vôo de acordo com os horários mais conveniente para a criança. Cada uma tem seu bioritmo e é importante respeitá-lo. Faça uma lista de tudo o que irá levar e arrume a bagagem dias antes de viajar.

2- Se o vôo é longo, quebre-o em conexões. Vale à pena esticar as pernas (as suas e as da criança), respirar outros ares e esparecer um pouco. Se o percusso for extremamente longo, coisas de 8 horas ou mais, se possível, planeje seu vôo para a conexão ser feita no outro dia. Você consegue isso com operadoras de turismo. Essa dica é particularmente importante se viajar com criança pequena. Você não tem noção de como um descanso fará bem para toda a família. Se vôos longos são cansativos para nós, imagina para nossos pequenos!


3-     Leve o mínimo de bagagem de mão possível. Limite-se a levá-la apenas para a criança e com alguns fundamentais itens seus pessoais. Não se esqueça do registro de nascimento, cartão de vacina e do plano de saúde.

4-    Se viaja com criança pequenina, leve 2 mamadeiras, pelo menos, para suco e leite, fralda descartável, trocador portátil, mudas de roupas, lenços umedecidos e lanchinhos. Deixe para dar a comidinha deles dentro do avião, se possível, mas não espere demais em casos de atrasos.

5-     Na decolagem: para bebês, coloque-os no peito ou ofereça-lhes água ou suco para evitar dor de ouvido. Já para os maiores, um pirulito ajuda bastante.

6-  Leve o kit infantil “amigo do vôo tranquilo”, como eu chamo. Compre brinquedinhos simples em casa de festas, revistinha de atividades, caderno de desenhos, lápis, massinha, etc... Vá oferecendo a novidade aos poucos. Isso os manterão ocupados. Não adianta querer que uma criança fique parada por 3 horas, sem nada para fazer. Ela ficará estressada e, com certeza, você e todos os outros passageiros também.

7-    Se possível, leve o que eu considero uma verdadeira mão na roda: o DVD portátil ou ipad/tablet. Acrescente os dvds preferidos, joguinhos interativos e músicas infantis.

8-    Procure manter-se tranquila, mesmo com bebê chorando, criança agitada e passageiros de cara feia.

9-    Imprevistos podem acontecer e você precisa ter consciência disso para não se estressar com atrasos ou cancelamentos de vôos.

10- Acredite, a primeira viagem pode ser um pouco atribulada, mas você pega o jeito e as crianças se acostumam. Você verá que é viajar com criança pode ser trabalhoso, mas é super divertido.



      E aí? Encara?



Um comentário:

  1. A primeira viagem de avião foi quando Levi tinha apenas 10 dias de nascido. Morávamos no Espírito Santo e queríamos vir a maceió ficar com a família!! Depois de ouvir milhares de contraindicações da família recebi o "OK" do pediatra e não perdi tempo! Foi tranquilo, na subida e descida coloquei ele no peito, tentei comprar um vôo praticamente direto e foi tudo bem!! Agora com 2 anos e meio fomos a minas! Levei lanchinhos, livrinhos, mas o que mais fez sucesso foram as massinhas de modelar que se espalharam com outras crianças do avião!! super tranquilo!! Recomendo!!!

    ResponderExcluir

Sua opinião é muito importante! Obrigada!